Prefeitura de Parintins presente no casamento coletivo de 36 casais pescadores parintinenses

Alexandre da Carbrás desejou felicidades para os novos casais e presenteou os 36 recém-casados com uma noite de núpcias no hotel Amazon River

Prefeitura de Parintins presente no casamento coletivo de 36 casais pescadores parintinenses A cerimônia foi presidida pelo juiz de direito da primeira Vara da Comarca de Parintins, Fábio César Olintho de Souza Notícia do dia 15/04/2015

O prefeito Alexandre da Carbrás participou no fim de semana, no Contemporâneos Festas e Eventos, do primeiro casamento coletivo realizado pelo Sindicato dos Pescadores de Parintins (Sindpesca). O matrimônio civil 36 beneficiou casais. A cerimônia foi presidida pelo juiz de direito da primeira Vara da Comarca de Parintins, Fábio César Olintho de Souza, com o auxílio do Cartório do 1º Ofício da tabeliã Maria Deuza de Oliveira.

Em seu pronunciamento o prefeito Alexandre da Carbrás desejou felicidades para os novos casais e presenteou os 36 recém-casados com uma noite de núpcias no hotel Amazon River. Os casais pernoitaram nas suítes máster e utilizaram toda a comodidade do hotel até domingo. “Essa é uma forma de parabenizar cada casal e que Deus possa abençoar cada lar e cada família que se forma a partir de agora. Parabéns para o Sindpesca, na pessoa da Márcia Costa e do vereador Gelson Moraes”, frisou o prefeito.

De acordo com a presidente do Sindpesca, Márcia Costa, um sonho dos diretores da entidade de classe pesqueira se concretiza, mas acima de tudo o sonho dos 36 casais que a partir deste momento se unem no matrimônio no primeiro casamento coletivo da entidade. Márcia ressaltou a parceria importante da Prefeitura de Parintins, do prefeito Alexandre da Carbrás, que doou o jantar e o aluguel do espaço Contemporâneo para o evento. “São ações conjuntas como esta que tonam os sonhos de vários casais realidade. Nosso muito obrigado ao prefeito Alexandre da Carbrás”, ressaltou Márcia.

O vereador Gelson Moraes disse se sentir muito feliz em poder fazer parte da realização de um sonho de muitos casais e proporcionar mais alegria na vida de todos. “A recompensa é ver que todos os 36 casais estão contentes e agora estão casados de fato e de direito”, disse Gelson. O Fábio César Olintho de Souza frisou que o poder judiciário faz sua parte e a partir de então a responsabilidade é com os novos casais unidos perante a sociedade. “O casamento civil é um marco em que duas pessoas concordam diante da lei em formarem uma unidade familiar”, pontuou.