Previdência do Amazonas discute ações estratégicas de gestão da qualidade, com foco em 2022

“Alcançar nossas metas e ações vai nos permitir chegar onde desejamos, dentro do contexto da nossa missão, visão e valores”, detalha a servidora.

Previdência do Amazonas discute ações estratégicas de gestão da qualidade, com foco em 2022 FOTO: Divulgação/Amazonprev Notícia do dia 10/09/2021

A Fundação Amazonprev reuniu, nesta quinta-feira (09/09), suas equipes de gerentes, coordenadores e técnicos para traçar o início das ações de planejamento estratégico a serem desenvolvidas ao longo de 2022.
 
Com base na análise SWOT (do inglês Strengths, Weaknesses, Opportunities, threats), o encontro buscou a avaliação global dos pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças (SWOT) na tomada de decisões dentro da previdência estadual.
 
A coordenadora do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), Rilma Costa, caracteriza esse planejamento estratégico como um processo sistêmico que permite definir o melhor caminho a ser seguido pela instituição no ano que vem. “Alcançar nossas metas e ações vai nos permitir chegar onde desejamos, dentro do contexto da nossa missão, visão e valores”, detalha a servidora.
 
Dentre as ações discutidas para a melhoria dos indicadores da Amazonprev, foram elencados temas como avanços nos ambientes tecnológicos e nos serviços oferecidos aos segurados; capacitação para ampliar os conhecimentos dos servidores; fortalecimento da cultura organizacional; segurança da informação; e controles de atividades em prol da qualidade de vida dos colaboradores. 
 
“Não basta ser só excelente. Queremos ser a melhor e maior previdência do país, e para isso trabalhamos de maneira planejada na cultura da instituição para cada área individualmente”, projeta o presidente da Amazonprev, André Luiz Zogahib.
 
O gestor ainda lembrou que o planejamento estratégico é um dos caminhos para fortalecer essa cultura, mapeando o caminho por meio de feedbacks e trabalho. “Percebemos que essa metodologia tem dado cada vez mais resultados positivos, e é nisso que estamos investindo”, completa Zogahib.