Disputa em Parintins fica entre Frank Bi Garcia e Juscelino Melo Manso

Bi Garcia tem mais de 15 partidos no arco de aliança e Juscelino tem seis partidos

Disputa em Parintins fica entre Frank Bi Garcia e Juscelino Melo Manso charge plebiscito entre Bi e Juscelino . autor artista Jucelino Ribeiro Notícia do dia 25/09/2020

Pode até parecer retórico, mas como adversários no chamado “teti a teti”  é a 1ª vez que o prefeito Frank Bi Garcia (DEM) e o advogado Juscelino Melo Manso (PSB) vão disputar a prefeitura de Parintins.

Bi Garcia e Juscelino apareceram no cenário público no começo na década de 90 na Ilha de Tupinambarana.

Na eleição de 1992 vencida pelo ex-prefeito e ex-deputado estadual Raimundo Reis Ferreira, o Xibiu, foi eleito para o primeiro mandato de vereador Frank Bi Garcia na mesma coligação. Juscelino Manso que era da prefeitura assumiu a função de procurador municipal em Brasília.

O vereador Bi então cunhado do grande político amazonense Arthur Virgilio Neto líder máximo do PSDB foi a novidade do pleito. Juscelino jovem advogado e filho do líder da maçonaria Benedito Manso preferiu continuar os estudos na área de direito.

Na eleição de 1996; Bi Garcia foi reeleito pelo PSDB para o segundo mandato de vereador com 1.546 votos; Juscelino Manso veio candidato a prefeito de Parintins pelo PDT e obteve 4.549 votos.

Na eleição de 2000, após o impeachment  do prefeito Carlos Alberto Barros Silva (PFL), que foi substituído pelo vice-prefeito e professor  Eraldo Maia; teve a formação de chapa após longas articulações. Bi Garcia acabou sendo vice-prefeito de Enéas Gonçalves. Juscelino Manso veio pela segunda vez candidato a prefeito.

Enéas e Bi foram eleitos com 11.519     votos. Zezinho Faria e Geraldo Medeiros tiveram 8.388 votos e Juscelino obteve 2.924 votos.

Ano de 2004, Frank Bi Garcia rompeu politicamente com Enéas Gonçalves. Conseguiu articular com Raimundo Reis Ferreira, um grande arco de aliança da oposição. Juscelino Melo Manso inclusive abdicou de ser candidato a prefeito e apoiou com o PV a aliança e veio candidato a vereador.

Bi Garcia foi eleito prefeito pela primeira vez com 23.412 votos, Enéas teve 13.629      votos. Juscelino Melo Manso foi eleito vereador de primeiro mandato com 2.327 votos.

Na eleição de 2008 Frank Bi Garcia foi reeleito para prefeito e Juscelino Manso reeleito para vereador. Bi conseguiu 20.304 votos e Juscelino 1.259 votos.

Durante a eleição de 2012, Frank Bi Garcia e Juscelino Melo Manso romperam politicamente em julho e desde então são adversários.

Bi não podia mais concorrer à reeleição e Juscelino estava como presidente da Câmara, mas não quis disputar um terceiro mandato de vereador. Os dois não disputaram a eleição.

Mesmo rompidos ambos apoiaram o então candidato a prefeito Messias Wilson de Medeiros Cursino (PDT). Quem ganhou a eleição foi o ex-prefeito Carlos Alexandre Ferreira Silva; Alexandre da Carbrás obteve 21.087 votos e Messias ficou em segundo lugar com 20.526.

No pleito de 2016 , Frank Bi Garcia estava como deputado estadual, deixou a ALEAM para concorrer ao terceiro mandado de prefeito. Juscelino Manso não foi candidato a prefeito e apoiou Messias Cursino. Bi Garcia foi eleito com 30.970 votos; Márcia Baranda teve 12773 votos.

A eleição do dia 15 de novembro de 2020 será primeira disputada por Bi Garcia pelo DEM. Juscelino Melo Manso conseguiu torna-se o único da oposição na disputa.

Bi Garcia tem como vice-prefeito Tony Medeiros (PSD); Juscelino Manso tem como vice-prefeita a vereadora Maria Alencar a Nega (PSC).

Nas pesquisas até mês de março e abril, quando ainda tinha mais de 6 candidatos na disputa da prefeitura em Parintins, o prefeito Bi Garcia apareceu sempre na frente. Juscelino navegava entre a 3º e 2ª posição.

Agora no mês de setembro não tem nenhuma pesquisa registrada ou divulgada de forma oficial junto ao Tribunal Superior Eleitoral e Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas. Mas a qualquer momento pode aparecer. O encerramento de inscrição de chapa no TRE-AM ocorre amanhã dia 26 de setembro. O PV tem a intenção de lançar Douglas Batista de Oliveira, que já concorreu ao cargo de prefeito em 2012 e obteve 104 votos.

O chargista do site ParintinsAmazonas, Jucelino Ribeiro definiu como plebiscito a consulta ao povo a aprovar ou rejeitar Bi Garcia e Juscelino Manso nas urnas.

Texto: Hudson Lima Koiote

[email protected]

[email protected]

(92) 991542015

#hudsonlimakoiote

LEIA MAIS:

 

Wilson Lima e ministro Onyx Lorenzoni lançam Programa de Aquisição de Alimentos com investimento recorde no Amazonas

Expoagro Digital vai promover lives musicais ao som de toada e música sertaneja nos três dias de evento