Banda Koiote 2020, uma festa de confraternização entre amigos

Banda reuniu profissionais de imprensa da Ilha e amigos na Praça dos Bois para brincar e celebrar o Carnailha

Banda Koiote 2020, uma festa de confraternização entre amigos Fotos Eduardo Gomes Notícia do dia 25/02/2020

Marchinhas, sambas e outros gêneros musicais serviram de trilha musical para a Banda do Koiote em sua quinta edição. Realizada na Praça dos Bois, a banda criada por jornalistas em 2014 no Bar do Ozéas na esquina do bilhar e coordenada jornalista Hudson Lima acabou se constituindo em uma confraternização entre os profissionais da imprensa parintinense, amigos e simpatizantes. A banda tem por características a sátira e críticas aos fatos ocorridos em Parintins retratadas na marchinha. Neste ano os alvos foi a desastrosa reforma do Porto e ao consumo de drogas. Foram momentos em que jornalistas deixaram de lado a posição de expectador para protagonistas da folia momesca.

A festa foi aberta pela banda Os Top’s, seguida pelo grupo de pagode simplicidade liderada pelo Rei Azevedo, Bandão do Koiote, Só Pagode, Canto Parintins, Arley Júnior e encerrando com a participação especial da cantora Vanessa Alfaia.

Rainha da Banda dos Koiotes Carlly Zanotto. (Foto: Eduardo Gomes)

Durante seis horas o público presente brincou carnaval. Como toda banda que se preze, os Koiotes também trouxeram a sua rainha, Carlly Zanotto. Além dos jornalistas um grupo de profissionais da saúde também brincaram à vontade.

A banda por sua vez ganhou um novo adepto da koiotagem parintintin. Foi o artista plástico de Manaus, Jair Jacqmont Cantanhede que marcou presença na festa.

Artista Plástico Jair Jacqmont também marcou presença na Banda dos Koiotes. (Foto: Eduardo Gomes)

Mais do que uma festa, a Banda do Koiote teve seus momentos de interação. O portador de necessidades especiais Alex Edivan Garcia Piedade, 14 anos, presente desde o início assistindo a festa foi puxado pela funcionária pública da área da Saúde, Daiane Oliveira Dutra, 30 anos. Em sua cadeira de rodas ele brincou incentivado por Daiane chegando em alguns momentos deixa a cadeira para ensaiar uns passos, chamando a atenção dos participantes da banda.

Daiane Oliveira puxou Alex Garcia para a folia apesar das limitações. (Foto: Eduardo Gomes)

“Ele estava ali sozinho e estava querendo interagir com todos e me levei a interagir com ele, a brincar com ele”, afirmou Daiane, mãe de uma menina de cinco anos.

Alex Edivan Garcia Piedade contou que este é o segundo ano em que participa da Banda dos Koiotes. “Eu estava com vontade de pular (carnaval) e hoje eu pude pular”, disse Alex com os olhos brilhando de felicidade pelo fato de não ter sido apenas um mero expectador, mas um integrante da banda.

Texto: Eduardo Gomes