Morre Lucinor Barros, um dos fundadores do Festival Folclórico de Parintins

Em 1965, com apoio da Igreja Católica de Parintins, Lucinor, Xisto Pereira e Raimundo Muniz organizaram a primeira disputa folclórica do evento, que naquele ano não teve a participação dos bumbás.

Morre Lucinor Barros, um dos fundadores do Festival Folclórico de Parintins Lucino Barros foto Hudson Lima Notícia do dia 23/08/2019

Ironia do destino, dizem os mais antigos. O fato é que na última quinta-feira, dia 22, Dia do Folclore no Brasil, Morreu em Arapongas (PR), aos 75 anos de idade, Lucinor de Souza Barros, o último que estava vivo dos três jovens que fundaram o Festival Folclórico de Parintins.

Segundo o jornalista Neuton Corrêa do Portal BNC Amazonas, seu Lucinor teve complicações de saúde há um mês e meio e há pouco mais de uma semana procurou ajuda médica no Paraná para se submeter a uma cirurgia cardíaca.

Ele foi operado, mas o coração não resistiu. 

Em 1965, com apoio da Igreja Católica de Parintins, Lucinor, Xisto Pereira e Raimundo Muniz organizaram a primeira disputa folclórica do evento, que naquele ano não teve a participação dos bumbás.

Lucinor costumava compartilhar o mérito da criação do festival com todos que faziam parte da Juventude Alegre Católica (JAC), mas foram os três que estavam na linha de frente da organização quando realizaram o primeiro festival. 

 O candal hudsonllimakoiote fez homenagem a essa grande personalidade 

 

 

LEIA no BNC: 

Morre o último dos três fundadores do Festival Folclórico de Parintins